Mentoplastia

O queixo constitui um dos principais pontos de referência no estudo estético da face. O queixo ideal deve posicionar-se dentro de certos limites estéticos para fazer um conjunto harmónico com outros sectores da face, como o nariz, olhos, boca.

Para casos em que o queixo se apresente numa posição mais retraída ou avançada em relação ao posicionamento ideal, é possível recorrer à mentopastia para a sua correcção. Objectivo consiste em alcançar um melhor equilíbrio da fisionomia mantendo as características individuais. A mentoplastia está então indicada para retroposicionar, avançar, encurtar ou alongar o queixo, corrigir desvios ou alterar a forma.

Geralmente, pode recorrer-se à introdução de uma prótese através de uma incisão interna (dentro da boca), sob anestesia local, com ou sem sedação.

Em 7-10 dias, o paciente pode retomar as suas actividades sociais e profissionais. Contudo é importante ter em mente que as alterações de cicatrização e a acomodação dos tecidos no seu novo local demoram mais algum tempo. Pelo menos três meses são necessários para se observar o resultado final do tratamento.